TRABALHO NO EXTERIOR

Photo por Mark Bond

Quase no acredito que dois anos atras eu estava no Brasil, com meu trabalho de segunda a sexta em um escritório e com todo dos meus finais de semana e noites livre para para o que eu quiser... Parece que isso aconteceu a muito mais tempo.

Agora estou no melhor trabalho que essa vida limitada de estudante poderia ter me dado. Mas esse post não é para falar do meu trabalho em si (isso era em um outro post), mas sim para falar um pouco sobre como são as regras básicas de trabalhar estando no visto de estudante.

VISTO DE ESTUDANTE + TRABALHO = REGRAS

Com esse visto, na Austrália, o estudante tem direito a trabalhar 40 horas por quinzena e como você divide essas horas vai de acordo com você e o empregador, não exite uma regra especifica. Contudo, o aluno precisar ir sempre as aulas porque se ele tiver com pouca presença corre o risco da escola avisar a imigração e o aluno pode ser o visto cancelado. Mas a boa noticia é em período de ferias, se pode trabalhar quantas horas conseguir, sem restrição.

Devido essa limitação, os trabalhos mais comuns são:

  • Bares/restaurantes como garçom/garçonete, recepcionista, ajudante de cozinha, etc...
  • Limpeza: Airbnb, escritórios, escolas, casas, etc..
  • Construção: ajudante de construção, controle do tráfico, etc... 
  • Babá
  • Entre outros que se possível ter um horário mais flexível 

Com relação a pagamento, esse trabalhos que costumam ser casuais, são pagos por hora e o valor varia de acordo com o que foi combinado com o empregador, mas o salario minimo em Sydney é por volta de $20/hora. E esses pagamentos costumam ou ser por semana ou por quinzena, tudo vai depender da empresa.

COMO CONSEGUI O MEU TRABALHO 

Eu gosto de estabilidade, de saber o que esperar do trabalho (ou de qualquer outra coisa na vida), e não de esta cada dia em um lugar diferente. E é a principal razão pela qual fui buscar trabalho em restaurantes e bares, e eu levei por volta de 5 meses para conseguir um e hoje eu tenho certeza que era porque esse era o trabalho que eu deveria que conseguindo.

Eu apliquei para vaga por um anuncio que vi em uma pagina do Facebook, mas existem sites (principalmente o gumtree e seek) que são bastante usados, assim como grupos do Facebook, mas todos dizem que ir nos lugares e levar o currículo é uma das melhores formas. Mas enfim, o gerente respondeu meu e-mail e marcou uma entrevista para poucos dias depois.

Sobre a entrevista, foi bem tranquila, mas lembro de pensar que eu não conseguiria o trabalho de jeito nenhum porque eu tinha zero conhecimento sobre vinho (eu nem bebia na época) e quando o gerente me ligou dois dias depois, eu fiquei ate meio em choque e só respondia "ok". (Um tempo depois eu comentei com o meu supervisor sobre isso e ele disse que fui contratada por causa da minha personalidade, meu inglês bom e meu potencial e quem sou eu para discordar). 

Hoje faz quase um ano que estou la e lembro de pensar que eu não duraria dois meses. E eu sou muito grata por tudo que aprendi e aprendo la todos os dias e por todas as oportunidades que eles tem me dado que me ajudaram a crescer como pessoa e como profissional. Mas sobre exatamente o que eu faco la, e são muitas coisas e não apenas servir vinhos e queijos, eu conto em um próximo post. 

Ate logo, 
Lia. 

You Might Also Like

0 comments