RESENHA: ORANGE

08:00

Editora: JBC
Autor: Ichigo Takano
Série: Orange, Volume 1 ao 5
Páginas: 230 (Por manga)
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐⭐💗
GOODREADS | SKOOB | AMAZON
Na primavera do segundo ano do colégio, chega uma carta vinda de dez anos no futuro. Nela, estava contido o desejo da Naho de 26 anos para a Naho de 16 anos, dizendo para ela não passar pelos mesmos arrependimentos que eu passei. E a Naho adolescente vai descobrir que o arrependimento é em relação ao Kakeru Naruse, o aluno novo que é transferido de Tóquio e o motivo da Naho adulta ter escrito a carta!


Prepare a caixa de lenços, e o coração também, pois ele vai virar mikshake com esse mangá.

Orange foi um mangá que me ganhou pela capa. Sério, todas elas são lindas, mostrando passado e futuro, já rola até aquele aperto no coração. Porém mesmo com uma capa tão linda, deixei para comprar depois e fiquei maluca correndo para conseguir completar a coleção, e olha, foi um milagre, pois achar o 5 volume foi um parto. Mas vamos à resenha.


O mangá fala de cartas vindas do futuro para mudar o passado, e eu adoro essa ideia de vários “nós” vivendo em momentos diferentes e que possa ter multipolos universos, quem é fã de DC e Marvel vê várias teorias rolando por seus quadrinhos a todo o momento. (Eu, Lia, inclusive, sou louca por esse tema e acredito super)

Bom, neste mangá as cartas vão para nossa protagonista com o intuito de salvar a vida de um amigo que ainda não se tornou um amigo, mas irá se tornar, e essa ideia foi um tanto louca no primeiro momento, mas o choque foi pensar na bondade desse ato, você mudaria seu futuro para salvar uma vida? Pense ai!

Arrependimentos é uma coisa que mata não é frescura. O mangá trabalha isso em vários momentos, mostrando o presente e o futuro - sim nos vemos o futuro e conhecemos as duas versões da protagonista - e isso é muito importante já que vemos ela, Takamiya Naho  , jovem com 16 anos insegura, e depois ela madura com arrependimentos imutáveis.


Outro elemento que me emocionou nessa série de mangá foi a amizade entre os personagens e o valor dela que foi o foco desses cinco "livros" e de como podemos ajudar nossos amigos, como não devemos as vezes ignorar um olhar.

Outra coisa que me emocionou muito nesse mangá foi a amizade,  no valor dela, e de como podemos ajudar nossos amigos, como não devemos as vezes ignorar um olhar. É bem complicado, já que crescemos ouvindo que não devemos “nos meter” na vida alheia, mas às vezes nós temos sim que fazer isso e ver aquele olhar, nos preocupar e cuidar de nossos amigos, às vezes eles não vão entender, às vezes podem até nos achar doidos, mas às vezes nos estamos vendo a verdade por trás de uma mascara chamada sorriso, e é nessas vezes que o arrependimento pode morar depois.

Este mangá me foi um tapa na cara. Ele me fez chorar muito e sorrir também, me fez ficar mais um pouco atenta aos meus amigos e há pensar um pouco mais em mim, me dar coragem para não me arrepender e atenção para não fazer algo errado. Claro que minha vida não vai ser perfeita, claro que não vou poder evitar tudo ao meu redor, qual é, sei disso. Mas este mangá me fez refletir e ele deveria ser indicado a todos, pois a história é uma prova de empatia com o outro fenomenal que as vezes esquecemos de ter.

PS: Cada final de volume vinha um capitulo extra que conta uma história nova, mas era uma história continua de final de cada manga, ou seja, o capitulo 1 no final do volume 1, o capitulo 2 no final do volume 2 e por ai vai.

Orange não é ao todo um mangá leve, pois fala de assuntos pesado e reais, a história no final dos volumes é mais leve e fofa, podendo ser comparada a açúcar na TPM, seu melhor aliado.

Fracamente eu amei essa história e realmente queria saber mais dela, super fofinha e engraçada, tinha pano para manga além de 5 capítulos apenas.

PS2: Orange já tem Anime, eu ainda não o vi, estou dando um tempinho, mas quem quer conhecer um pouquinho segue um pouquinho:


Então comente aqui aquela leitura que te fez pensar na vida e te emocionou.

XOXO.

You Might Also Like

0 comentários