RESENHA: BOA NOITE

08:00


Editora: Galera Record
Autor: Pam Gonçalves
Páginas: 240
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐

"O novo livro de Pam Gonçalves Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação — em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números —, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa."

Sempre acontece aquele receio quando vamos ler pela primeira vez um livro de um autor, ainda mais se for o primeiro livro do mesmo. E quando eu iniciei a leitura de "Boa noite", da Pam Gonçalves, não foi diferente. 

Eu não sabia ao certo sobre o que o livro se tratava além de que a história se passava na faculdade. Mas o livro foi uma surpresa mais do que positiva do início ao fim. Simplesmente me encantei com a escrita da Pam que fluiu tão bem que mal senti as página passarem. 


Alina, a protagonista, tem um desenvolvimento rápido, porém faz sentido com a linha do tempo da história. Contudo, seus relacionamentos acontecem aos poucos conforme vamos descobrindo os mistérios do livro. Manu, sua amiga de república, foi, sem dúvidas, a minha personagem secundária favoritas. Depois que descobrimos as coisas do seu passado, as motivações ficam mais claras e a vontade de um livro só dela aumentam. 

O foco desse livro não é o romance e mesmo tendo shippado o casal principal desde o início e desejado mais cenas deles juntos, fiquei feliz que a autora tem direcionado a história para tratar de temas importantes como abuso e machismos. Romance é sempre legal e fofo, mas esses outros temas também.


Apesar de não ser um livro extremamente enorme no quesito páginas, é um livro grande no quesito temas importantes. Quando abordados, não tive a sensação de que eles estavam sendo forçados no contexto ou sendo mal explicados/desenvolvidos, pelo contrário. A Pam trabalhou muito bem esses temas sem dramatizar demais, o que foi meu ponto positivo, porque eu imaginava que a história se encaminharia para um plot twist, mas tivemos outros que me agradou demais. 

Não vejo a hora de ler as outras histórias já lançadas das autora. Eu garanti o meu exemplar de "Um história de verão" na Bienal e não vejo a hora de começar.

Quem já leu algum livro da autora? E Boa noite, já leram? Gostaram? Conta para gente! 

Beijos,

You Might Also Like

0 comentários