REVIEW: WHEN IT'S REAL

08:00


Editora: Harlequin Teen
Autor: Erin Watt
Páginas: 416
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐
Do New York Times best-seller autor(a) Erin Watt vem com um viciante conto contemporâneo, uma estrela do rock adolescente com necessidade de uma transformação de imagem e uma menina adolescente contratada para ser sua falsa namorada.Conheça Oakley Ford – Uma celebridade adolescente, renomada estrela pop, filho de estrelas de cinema famosos, gostoso com milhões de fangirls ... e problemático. Superficialmente, ele tem tudo, mas sua vida em casa está se desintegrando, sua música bem subitamente secando, e os tabloides tendo um dia de campo sobre suas façanhas ultrajantes, a assessoria de Oakley decide que é hora de uma intervenção. O resultado: Uma imagem transformada, com uma falsa namorada destinada a mostrar ao mundo que ele se estabeleceu.Aos dezessete anos Vaughn Bennett- irmã dedicada, garçonete em tempo parcial, a definição de "normal". Em circunstâncias normais ela nunca teria aceitado esse show, mas com sua família precisando de dinheiro, ela não tem muita escolha. E com o dinheiro que os assessores de Oakley estão pagando, ela descobre que pode entrar em bizarras festas de Hollywood e uma equipe de publicitários observando cada movimento seu. E daí se ela pensa que Oakley é um idiota superficial, egocêntrico? Não é como se eles fossem cair um pelo outro na vida real... certo?


Quando eu descobri que teríamos mais livros da Erin Watt foram do universo da série "The Royals", eu fiquei saltitante e mesmo tendo enrolado um pouco para iniciar a leitura de "When it's Real", quando comecei, não consegui mais largar. Até porque, eu precisava de eu uma história mais leve e personagens adoráveis quando estava lendo, e isso deve ter contribuiu muito para eu ter gostando tanto dessa história que pode parecer clichê, mas com o desenrolar das coisas, não é.

Quando iniciei a leitura, a única coisa que sabia era que a história teria algum famoso envolvido (não, eu não havia lido a sinopse antes). "When it's Real" conta a história do Oakley Ford, um cantor famoso que estava a beira da decadência profissional aos 19 anos e para reverter isso, sua equipe publicitária sugere um romance com uma garota normal, ou seja, alguém que não seja do meio artístico e então entra a Vaughan, que aceita porque precisa do dinheiro para ajudar a família.


O melhor da história foi como Oak e Vaughan se apaixonaram: eles foram iniciando uma amizade aos poucos, crescendo a confiança um no outro para depois evoluírem para algo mais. Foi incrivelmente fofo acompanhar o desenvolvimento dos personagens, seja como casal ou como indivíduos.

O grande foco do livro é a autodescoberta que cada um precisa passar antes de se envolver complementar em um relacionamento e isso não foi apenas para os protagonistas, mas para os personagens secundários também que foram super bem construídos para dá o apoio necessário a história e me deixar querendo um livro só para eles.


As autoras que se juntam e se tornam a Erin Watt possuem uma escrita divertida e uma narrativa leve que flui com uma velocidade que até esqueci do tempo enquanto lia. A história se encerrou comigo querendo mais, porém finalizou muito bem. Não teve o drama exagerado que achei que fosse ter, o que é sempre positivo.

Se você gostou de Princesa de papel, vai se apaixonar completamente por essa história. E se não gostou, dê uma chance, esse livro tem uma pegada diferente da série "Royal".

Beijão,

You Might Also Like

0 comentários