RESENHA: UMA TOCHA NA ESCURIDÃO

06:00


Editora: Verus
Autor: Sabaa Tahir
Série: Uma chama entre as cinzas, livro 02
Páginas: 434
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐💗
GOODREADS | SKOOB | AMAZON 


O segundo livro da história épica e eletrizante sobre liberdade, coragem e esperança. Na continuação de Uma chama entre as cinzas, Laia e Elias estão em fuga, lutando pela vida. Após os eventos da quarta Eliminatória, os soldados marciais saem à caça dos dois enquanto eles escapam de Serra e partem em uma arriscada jornada pelo coração do Império. Laia está determinada a invadir Kauf, a prisão mais segura e perigosa do Império, para salvar seu irmão. E Elias está determinado a ficar ao lado dela — mesmo que isso signifique abrir mão da própria liberdade. Eles terão de lutar a cada passo do caminho se quiserem derrotar seus inimigos: o sanguinário imperador Marcus, a cruel comandante, o sádico diretor de Kauf e, o mais doloroso de todos, Helene — a ex-melhor amiga de Elias e nova Águia de Sangue do Império. A missão de Helene é terrível, porém clara: encontrar Elias Veturius e a escrava erudita que o ajudou a escapar... E acabar com os dois. Mas como matar alguém que você ama desesperadamente?

Essa resenha contém spoilers do livro anterior, Uma chama entre as cinzas, por tanto, recomendo que tenha lido o primeiro livro dessa série antes de ler esta resenha.

Conhecem a maldição do segundo livro? Não? Então eu conto: é quando o primeiro livro é incrível e o segundo é arrastado, cansativo e um enrolação só! E esse era o meu medo com essa sequência de "Uma chama entre as cinzas", logo, é com muita satisfação que eu digo: QUE CONTINUAÇÃO MARAVILHOSA!

Esse livro é narrado em três ponto de vista: Laia, Elias e Helene. Confesso que, antes de ler, achava que o da Helene seria desnecessário e maçante de ler, porém, com o decorrer da história ficou claro que sem esse terceiro ponto de vista, a narrativa ficaria incompleta porque o que acontece com ela é tão importante quanto o que acontece com Laia e Elias.


A história é sobre a jornada da Laia e do Elias, ambos fugitivos do Império, atrás do irmão dela, na prisão de Kauf. E sobre a perseguição que Helene, a Águia de Sangue do Imperador, é obrigada a fazer contra seu melhor amigo. E posso dizer: serão poucos os momentos para respirar com o decorrer do livro. Tem sempre algo acontecendo.

"Uma tocha na escuridão" foi o livro para desenvolver as histórias dos personagens, principalmente a história de suas famílias que foi o grande tema do livro. Tudo girava em torno de até onde cada um iria para salvar quem ama, seja ele protagonista ou não.

Os vilões da história foram revelados assim como suas motivações e parte de seus planos, algo que eu esperava que fosse acontece apenas no livro 3. Sabaa Tahir me deixou em choque com suas escolhas. Não sei como ela vai fazer nos próximos livros, só sei que eu não esperava por nada do que aconteceu nessas 434 páginas.


O que deixou a desejar, para mim, foi o relacionamento entre Laia e Elias. Esperava já um envolvimento amoroso nessa sequência, mas não foi o que aconteceu e como esse parece ser o objetivo da autora com relação aos protagonistas, espero que ela não deixa para o quarto e último livro esse desenvolvimento.

A autora só meu deu motivos para ficar enlouquecida pelo próximo livro que só vai ser lançado em 2018 😭 E ela também mostrou o quão rico é esse universo, justificando ser uma série de 4 livros e não 2, como seria originalmente. São muitos elementos que ainda precisam ser explorados.

Se você curte uma boa fantasia, essa serie da Sabaa Tahir é leitura obrigatória e se essa temática não for seu gênero preferido, dê uma chama, juro que vale a pena. 

Beijão, 

You Might Also Like

0 comentários