RESENHA: A BELA DOMOU A FERA

08:00


Editora: Arqueiro
Autor: Eloisa James
Série: Contos de fada, livro 02
Páginas: 320
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐
GOODREADS | SKOOB | AMAZON
**Cortesia da editora para uma resenha com uma opinião honesta**

Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

Eu não sou a maior entendedora de Romances de Época desse blog (esse papel é da Carla), mas eu sou fã da Julia Quinn, então se ela recomendou Eloisa James com "Quando a bela domou a fera", é basicamente uma obrigação essa leitura. E eu me surpreendi porque não esperava gostar tanto quanto eu gostei.


A autora se baseou nas características de personalidade para criar seus personagens: Linnet, é com a Bela, inteligente e fascinada por um livro, sem importar o tema, e Piers é com a Fera das histórias, mal humorado, rabugento e grosso com as pessoas ao seu redor.

A autora criou um casal que tinha tudo para não dar certo, pois eles são o exato oposto um do outro, contudo foi muito fácil torcer por eles porque devido a essas diferenças, um passou a complementar o outro. E o melhor foi vê a forma brilhante e cativante de como a Eloisa foi construindo e desenvolvendo essa relação. 


O pai do Piers foi o personagem que eu fiquei mais feliz em vê como a autora caminhou com suas histórias. Ela mostrou que as pessoas erram, mas elas também merecem a oportunidade de mostrar que aprendeu com aquele erro. Outros personagens secundários também tiveram seu destaque, principalmente o primo do Piers, que me deixou encanta e curiosa para saber mais sobre ele.

Quando a bela domou a fera conta uma história sem dramas desnecessários e sem enrolação e mesmo já sabendo que Linnet Piers vão terminar juntos, eu fui surpreendida pela forma como isso aconteceu (de maneira positiva, claro).

Cadê os fã de romance de época? Quais você recomendam para eu ler? Alias, gostaram de Quando a bela domou a fera?

Beijão,

You Might Also Like

0 comentários