RESENHA: OS IRMÃOS DE SANGUE

07:31


Editora: Arqueiro
Autor: Nora roberts
Série:Trilogia A Sina dos Sete , livro 1
Páginas: 288
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐
GOODREADS | SKOOB | AMAZON 
**Cortesia da editora para uma resenha com uma opinião honesta**

A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca.Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra.Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa,Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade.
Em Irmãos de Sangue, Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal.


Nessa nova trilogia da diva Nora Roberts, nós vamos para uma maldição ligada pelo sangue. Quem leu a trilogia dos Primos O’Dwyer vai ver que vários elementos da narrativa se repetem, então se você gostou dessa série, como eu, venha embarcar na trilogia A Sina do Sete.



No primeiro livro, conhecemos os nossos heróis, e nossas heroínas, a maldição e também o vilão, entretanto todas as cartas ainda não estão na mesa, muito ainda falta a ser desvendado. Afinal estamos só no começo da história, mas mesmo assim muito já vai ser revelado, então se está esperando que esse livro vá ser parado por ser o primeiro, trate de mudar de ideia.


Quinn é uma personagem muito divertida, que normalmente é aquela que sempre se mete em problemas, ou a primeira que morre em filme de terror, afinal ela realmente gosta desses temas, “vamos dormi numa casa amaldiçoada para escrever um livro da experiência? VAMOS!” essa é basicamente nossa protagonista. Que com sua bagagem de esquisitice vai para uma cidade que ocorre coisas bem bizarras.  Como disse, Quinn seria a primeira a morrer em um filme de terror.

Entretanto mesmo com essas suas peculiaridades, a coisa que mais me assustou na personagem é a forma em que ela controla tudo que come de forma obsessiva. Isso não é legal, durante todo o livro ela fala de uma reeducação alimentar, que realmente é algo bem bacana de se fazer, comer bem e tudo mais, porém em vários momentos vemos que a personagem não quer comer determinadas coisas e mesmo assim o faz, ou pensa de mais em exercícios.

Acho que o intuito da autora era falar de uma pessoa que, em seus momentos de medo/ansiedade, desconta na comida nada saudável, e como seu trabalho é lidar com coisas paranormais, isso ocorrer com muita frequência. E que por isso em alguns momentos tem que balancear, porém a forma exagerada que foi retratado, não me pareceu ser exemplo para ninguém. Para mim a imagem ficou de alguém que era forçado a comer coisas que não gostava, não se sentia bem fazendo isso, e o fazia apenas para estar em algum padrão de beleza estético.


Já Caleb ou Cal é um cara honrado, e que assume seus erros ou o que ele julga assim, com 10 anos ele e dois amigos “despertam” um demônio que de 7 em  7 anos atormenta a cidade em que eles vivem, coisas realmente ruins acontece com pessoas boas, pessoas que eles conhecem desde sempre. E eles, Cal e seus amigos, são os únicos que conseguem vê-lo e tentam remediar as coisas de ruim que faz para o povo de sua cidade. Ele poderia ir embora, poderia começar em outro lugar bem longe dali, mas Cal fica, pois sabe que é ele que tem que acabar com aquela história. Ele só não esperava que a chegada de uma escritora curiosa na cidade e novos pontos de vistas para aquele caos apareceriam e que o mistério finalmente pudesse ser solucionado.

Cal me encantou desde o começo com aquela pegada nerd e bom menino. Alguém que realmente ama sua família, amigos e cidade. A forma que o personagem foi montado combinou com os amigos, com sua família e até mesmo com seu par romântico irreverente.
Nessa nova trilogia Nora trás muita mitologia, magia, e romance. Para quem gosta dessas temáticas, não perca tempo, pois essa trilogia é para você.

Comente aqui aqueles livros que algo em algum personagem soou errado, mesmo o livro tendo valido a pena.

XOXO

You Might Also Like

0 comentários