RESENHA: A PRIMAVERA REBELDE

08:00



Editora: Seguinte
Autor: Morgan Rhodes
Série: A Queda dos Reinos, livro 02
Páginas: 424
Estrelas: ⭐⭐⭐
 
Depois que o rei Gaius de Limeros conquistou as terras de Auranos e subjugou o povo sofrido de Paelsia, passou a dominar toda a Mítica com seu punho de ferro. A rica população de Auranos parece não se importar com o novo governante, desde que seus privilégios sejam mantidos; os paelsianos, como sempre, aceitam seu destino de exploração. Mas a tranquilidade é só aparente: grupos rebeldes começam a surgir nos reinos dominados, questionando as mentiras e os métodos sangrentos do novo rei.
Enquanto isso, Gaius obedece à sua mais nova conselheira e dá início à construção de uma estrada passando pelas temidas Montanhas Proibidas. Mas essa via não servirá apenas para interligar os três reinos: ela faz parte de uma busca pela magia elementar, perdida há mil anos, que conferirá ao tirano um poder supremo. O que ninguém esperava era que essa obra desencadearia uma série de eventos catastróficos, que mudarão aquelas terras para sempre e forçarão Cleo, Magnus, Lucia e Jonas a tomar decisões até então inimagináveis.
Essa resenha contém spoilers do livro anterior, A Queda dos Reinos, portanto, recomendo que tenha lido o primeiro livro dessa série antes de ler esta resenha. 

Esse foi um livro difícil de atribuir uma nota pelos sentimentos conflitantes que tive durante a leitura, mas não deixou de ser uma excelente continuação onde nossos personagens têm suas personalidades mais aprofundadas.












Assim como no primeiro livro, a escrita da Morgan é bem fluida, fazendo com a leitura seja bem rápida (apesar de seus capítulos serem um pouco compridos). O foco do livro vai todo ser concentrado na construção da estrada e em como ela vai afetar a vida dos nossos protagonistas, no entanto o grande problema do livro foi que todo mundo fez ABSOLUTAMENTE NADA! E o que me deixou ainda mais louca foi o mosquito instalove que mordeu praticamente TODOS durante o livro.

Temos a introdução de novos personagens que dão um vigor a mais na história. Lysandra, a mais nova rebelde parece ter vindo pra colocar não só fogo no circo, e apesar de ser jovem, impetuosa e nem sempre pensar antes de agir, podemos ver que ela leva em conta seus erros e tenta fazer o melhor possível para ajudar os outros. Mas o destaque vai para Melenia, uma das mais antigas Vigilantes com seus próprios planos para Mítica e o príncipe Ashur vindo do outro lado do oceano que parece cada vez mais interessado na lenda da Tétrade. Os dois são bem misteriosos e não temos muita noção de suas intenções, o que significa que nossos principais têm ainda mais problemas pela frente.





Morgan Rhodes continua com a matança desenfreada de seus personagens secundários, que te deixa com o sentimento de que ninguém está seguro. No quesito de desenvolvimento, vou ficar de olho em Lucia e Magnus. Ela, por motivos de que ao explorar mais seus poderes, mostra uma nova faceta ao usá-los, que pode alterá-la de maneira irremediável, enquanto que Magnus é o típico bad boy incompreendido pelo mundo que em certos momentos deixa a máscara que usa escapar, demonstrando que ele afinal tem um coração, e que se pudesse seria diferente do pai (não resisto a esses tipos, me julguem).


Ao todo estarei acompanhando essa série para saber principalmente quais shipps vão acabar juntos no final e tenho certeza de que devo me irritar muito com isso até o final.



Comente aqui embaixo qual livro que teve um instalove (ou vários) que te irritou.


Até a próxima,

 

You Might Also Like

0 comentários