RESENHA: TUDO E TODAS AS COISAS

08:00


Editora: Arqueiro
Autora: Nicola Yoon
Páginas: 280
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐
GOODREADS | SKOOB | AMAZON 
**Cortesia da editora para uma resenha com uma opinião honesta**
Tudo envolve riscos. Não fazer nada também é arriscado. A decisão é sua.
A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são minha mãe e minha enfermeira, Carla.
Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente da casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly.
Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.

Nicola Yoon tem uma narrativa que me prendeu do início ao fim e me surpreendeu com o desfecho, já que eu imaginava dois finais possíveis e a autora chegou com um terceiro que, ao descobrir, era o único que fazia sentido com a proposta que ela estava apresentando desde o início.

Outro ponto positivo no desenvolvimento da história da Madeline Wintter é a construção de personagens, e não apenas dos principais, mas como dos secundários também. É impossível não se apegar e compreender as motivações de todos que compõe desse livro. E com a história chegando ao fim, fica fácil entender as ações que todo mundo tomou para que esse encerramento fosse possível. 


Todavia, o que não me deixou satisfeita foi a rapidez com que as soluções aconteceram. Tudo aconteceu tão rápido que eu senti que faltou um maior desenvolvimento do relacionamento da Maddy com a mãe, que de todos os que compõem a história, esse para mim, é o mais importante. Elas precisavam trabalhar certas coisas e mesmo que a autora quisesse deixar um final aberto, ela poderia ter mostrado mais do relacionamento mãe e filha.

O engraçado de ler esse livro foi por conta das descrições de certos personagens, como Maddy e Olly, completamente diferente dos que estão ilustrando na capa, contudo, foi fácil imaginar as descrições escolhidas para o filme no lugar das descritas pela autora. E falando sobre o filme: pelo trailer, minha aposta é que será uma das melhores adaptações já produzidas e espero não me decepcionar (realmente acho que não vou, pelo contrário, acho que vou me surpreender).



"Tudo e todas as cosias" não justificou o hyper pela Nicola Yoon e seus livros, porém acho que toda essa fama das histórias da autora está relacionada mais ao "O sol também é uma estrela" do que esse livro em questão, logo, não vejo agora de embarcar em mais uma história e compartilhar com vocês minhas opiniões depois.

Já leu os livros da autora? O que achou? Qual o seu favorito? Expectativas para o filme?

Beijão,

You Might Also Like

0 comentários