RESENHA: LIGEIRAMENTE PECAMINOSOS

08:00


Editora: Arqueiro
Autor: Mary Balogh
Série: Os Bedwyn, livro 05
Páginas: 272
Estrelas: ⭐⭐⭐
GOODREADS | SKOOB | AMAZON
Em meio à Batalha de Waterloo, lorde Alleyne Bedwyn é ferido e dado como morto pela família. Ao acordar, ele se vê no quarto de um bordel sem lembrar quem é ou como foi parar ali. Sua única certeza é que deseja conquistar o coração do anjo que cuida dele todo dia.Contudo, assim como ele, Rachel York não é quem parece. Depois de enfrentar uma situação difícil, que a levou a viver numa casa de pecados, agora a bela e inteligente jovem precisa recuperar seu dinheiro e as economias das amigas prostitutas, roubados por um falso clérigo. E o belo soldado de quem vem cuidando parece perfeito para se passar por seu marido e ajudá-la em seus planos.Porém, apesar de ter perdido a memória, Alleyne não perdeu nada de sua sedução. De volta a Londres, os dois se envolvem em um escândalo pecaminoso e, a cada beijo, esquecem que seu relacionamento é apenas uma farsa e ficam mais perto de se entregar à paixão.

Devo confessar que estava esperando mais desse livro, não que o livro tenha sido ruim, não mesmo, Mary Balogh continua escrevendo maravilhosamente bem, porém achei o livro bem sem sal.

Rachel é uma boa menina que se vê em uma situação complicada. Honesta, educada, gentil, e varias outras características que uma dama daquela época deveria ter. Entretanto, Rachel não é uma garota burra, e iria achar uma forma de se virar e recuperar o que era dela e das amigas. E Alleyne, caindo em sua vida, poderia ser sua resposta ou sua perdição.


Alleyne, acorda nu, em uma casa onde vivem prostitutas, vendo uma bela jovem como sua salvadora. Logo nosso “cavaleiro” já sai deduzindo as coisas, e é ai que nossa confusão começa.

Entre planos doidos, uma memória perdida e uma jovem mais inocente do que sua moradia faz acreditar, o romance e as situações mais comprometedoras ocorrem. Contudo, um livro que tinha tudo para ser mega engraçado e me surpreender, foi só bom. Entenda: eu estou acostumada a me divertir ou chorar nos livros dessa autora, e ver uma queda de padrão assim, para mim, foi assustador. O livro foi morno até perto do final.


E que final! Toda emoção que o livro não conseguiu me passar durante o decorrer da história, o final foi tudo que eu desejei e exatamente como eu esperava: aqueceu meu coração, foi aquele momento perfeito. Não vou dizer a cena, deixo vocês especulando sobre que momento foi, mas sem duvidas, valeu a pena ter lido o livro todo apenas por aquelas poucas paginas (isso sim foi nível Mary Balogh).

Comente aqui um livro que pela autora você daria tudo, mas que não lhe surpreendeu quanto gostaria.

XOXO.

You Might Also Like

0 comentários