REVIEW: LIKE A MEMORY

08:00

Editora: Publicação independente
Autor: Abbi Glines
Páginas: 300
Estrelas: ⭐⭐⭐
GOODREADS | SKOOB | AMAZON 


Uma lembrança.
Um verão especial.
A única coisa em que Bliss York havia se perdido quando o medo e a doença eram demais, momentos que nunca seriam danificados pela dura realidade que se seguiu... até agora.
Bliss York não viveu uma vida normal na adolescência. Ela não ia a jogos de futebol de sexta-feira à noite, não caminhava nos corredores com seus amigos todos os dias, não foi ao seu baile ou mesmo andou para receber seu diploma. Tudo tinha sido tirado dela aos quinze anos de idade e foi dado a ela o diagnóstico que nunca ninguém quer ouvir.
Ela tinha leucemia.
Sete anos depois de passar um verão com uma garota que ele sabia que seria sempre seu primeiro amor e aquele que fugiu, Nate Finlay retorna à Sea Breeze para ajudar sua noiva a abrir sua nova boutique de roupas. Quando a nova funcionária caminha até Nate, ele é levado de volta sete anos atrás para a garota que ele pensou que iria amar para sempre. Aquela que nunca respondeu a suas chamadas ou retornou sua mensagem. Aquela que o afastou completamente com nem mesmo um adeus e quebrou seu coração.
Cada um deles se tornou alguém diferente. Já não são os jovens adolescentes com estrelas em seus olhos. Mas isso não importa quando seu coração ainda diz essa é a única.


Finalmente, depois de mais de dois anos, ganhamos a história do Nate Finlay e da Bliss York. E como essa história foi esperada pelos fãs... Todos estavam com altas expectativas de como a Abbi Glines iria juntar os mundos de Rosemary Beach e Sea Breeze. Eu fui uma que estava com altas expectativas e acabei me decepcionando...

Nesse livro, que eu espero ser o primeiro de uma série, sobre os filhos dos personagens das histórias de Rosemary Beach e Sea Breeze, conhecemos a Bliss, que teve câncer na adolescência e por conta disso sempre foi muito protegida pelos pais, e o Nate, neto de uma lenda do rock que inicia o livro em um relacionamento que ao mesmo tempo que está avançado, está estagnado, pela falta de contato emocional.  

Ambos tiveram criações similares, mas por motivos que não são deixados claro ao decorrer de “Like A Memory”, o Nate acredita que não pode amar ninguém e esse é basicamente o seu arco no livro. Já a Bliss está tentando se descobrir tanto na vida pessoal, quanto na profissional e agora que ela está se desvencilhando da proteção excessiva dos pais.

A construção do casal ao mesmo tempo que é rápida, demora um pouco para acontecer de fato. A autora conseguiu construir bem a personalidade dos protagonistas, mas falhou na hora de inserir seus pais na história de maneira que tivesse uma maior importância. Em contra partida, ela conseguiu introduzir personagens que são filhos dos casais da série Sea Breeze de forma que algumas características chaves fossem destacadas fazendo a curiosidade do leitor despertasse quanto ao futuro de um possível série sobre esses personagens.

A minha grande decepção está no fato de que não ouve nada com um impacto duradouro ou trágico para estender a história do casal principal para mais um livro. Outro ponto que eu não gostei foi o final que ocorreu de forma bruta deixando parecer que o livro veio faltando páginas ou ao menos um epílogo. E por fim, o grande plot twist do livro foi solucionado de maneira rápida e sem muito suspense, assim como alguns arcos que foram insinuados ao decorrer da história foram deixados de lado.

Todavia, o maior ponto positivo da história foi a evolução da escrita da autora com relação aos seus outros New Adult. É impossível não notar um amadurecimento na forma de construir a história e seus personagens, assim como na hora de fazer todo o desenvolvimento.

Fã da Abbi Glines? O que achou desse livro? Preciso comentar com alguém sobre esse livro!! 

Beijão,

You Might Also Like

0 comentários