RESENHA: NÃO OLHE

08:00


Editora: Valentina
Autor: FML Pepper
Série: Não pare, livro 2
Páginas: 352
Estrelas: ⭐⭐⭐
GOODREADS | SKOOB | AMAZON 
Zyrk pode estar com as horas contadas: a híbrida acabou de cruzar o portal e o frágil equilíbrio entre os quatro clãs encontra-se definitivamente ameaçado. Há milênios forças ocultas espreitam, aguardando apenas o momento de emergir das sombras e mostrar seu poder.Fugir e sobreviver. Aceitar e lutar. Há muitos caminhos, mas qual deles seguir se a Morte possui várias faces?Nina acorda entre a vida e a morte na terceira dimensão, levada para a sombria Thron. Richard, o nada confiável resgatador de apaixonantes olhos azul-turquesa, luta contra sua própria natureza. Cruel e sanguinário, Rick está confuso e cada vez mais cercado por seus inimigos.
Mesmo o melhor dos guerreiros, o mais temido e destemido, está protegido da força de um grande amor?
Ele e a híbrida viajarão por toda Zyrk, e ela irá se deparar com um universo fantástico, um mundo violento, o plano da Morte. Lutando para se libertar de seus medos e determinada a encontrar seu caminho e sua identidade, Nina embarcará em uma jornada de descobertas arrasadoras, um percurso sem volta.
Mas a garota das pupilas verticais descobrirá que as vontades do coração podem ser mais traiçoeiras que lendas ou maldições.
Eu estou chegando à conclusão de que o segundo livro de uma saga sempre vai ser o que eu menos gosto, independente de quantos livros essa saga tenha. Eu sempre vou achar o mais fraco.


Passei grande parte desse livro querendo ou brigar com a Nina ou com o Richard. Eu entendo as atitudes de ambos, porém fiquei um pouco cansada de ver um comportamento igual ao do primeiro livro. Esperava que nessa parte da jornada, eles já tivessem mudado um pouco, amadurecido, mas não, eles ainda continuam com as mesmas brigas, e isso é um pouco cansativo. 

Nesse segundo livro, podemos ver a criatividade da autora a todo o vapor e isso foi o que mais me entreteve. Vemos Nina desvendando aquele mundo, e nós ajudando a ver a tal realidade que Richard tanto comenta no primeiro livro da serie. Fiquei muito surpresa pela forma que algumas coisas foram mostradas e com uma pulga atrás da orelha por outras.


Um grande ponto chave desse livro foi a escrita da Pepper que, como disse, para mim as atitudes me cansaram um pouco por conta das repetições dos personagem, todavia conforme ficávamos cansados por determinada coisa, a autora soube encher nossos olhos desviando nossa atenção para algo peculiar daquele universo e nos dar fôlego para tudo mais que iria ocorrer pela frente. Foi uma boa briga entre personagens e universo.

Confesso que fiquei um pouco para baixo com “Não olhe”. Havia me empolgado tanto com o primeiro que o segundo chegou a ser um tanto desanimador, mas não o bastante para me fazer abandonar a história de Nina.

Deixe um comentário aqui quem tem implicância número especifico das series que ama, o meu sem duvida é o segundo.

XOXO.

You Might Also Like

0 comentários