RESENHA: ESCÂNDALO DE CETIM

08:00


Editora: Arqueiro
Autor: Loretta Chase
Série: As modistas, livro 02
Páginas: 272
Estrelas: ⭐⭐⭐
GOODREADS | SKOOB | AMAZON
Irmã do meio entre as três proprietárias de um refinado ateliê de Londres, Sophia Noirot tem um talento inato para desenhar chapéus luxuosos e um dom notável para planos infalíveis. A loura de olhos azuis e jeito inocente é na verdade uma raposa, capaz de vender areia a beduínos. Assim, quando a ingênua lady Clara Fairfax, a cliente mais importante da Maison Noirot, é seduzida por um lorde mal-intencionado diante de toda a alta sociedade londrina, Sophia é a pessoa mais indicada para reverter a situação.


Nessa tarefa, ela terá o auxílio do irmão cabeça-dura de lady Clara, o conde de Longmore. Alto, musculoso e sem um pingo de sutileza, Longmore não poderia ser mais diferente de Sophia. Se a jovem modista ilude as damas para conseguir vesti-las, ele as seduz com o intuito de despi-las. Unidos para salvar lady Clara da desonra, esses charmosos trapaceiros podem dar início a uma escandalosa história de amor... se sobreviverem um ao outro.

Em Escândalo de Cetim, segundo livro da série As Modistas, Loretta Chase nos presenteia com um dos casais mais deliciosos já descritos. Além de terem uma inegável química, Sophia e Longmore são divertidos como o rodopiar de uma valsa e sensuais como um corpete bem desenhado. 
O primeiro livro da saga “As moditas” de Loretta Chase é o meu livro favorito da autora, trouxe uma pegada completamente diferente dos outros laçando pela Arqueiro anteriormente, então quando o segundo finalmente saiu, fui com muita cede ao pote.

Harry, mais conhecido como o conde Longmore, é um cavaleiro muito típico de sua época, e isso era algo que me incomodava, afinal ele têm vários pensamentos machistas da época, e para completar ele não sabe o que fazer da vida além de ser futuramente o dono do título e das posses de seu pai. Claro que algumas coisas o Conde vai melhorando graças a engenhosa Sophia, porém não há nenhuma grande mudança, apenas que ele ama ela, a respeita, assim como sua vontade de trabalhar, porém não teve nada há mais.



Sophia, que para mim parecia ser a irmã mais engenhosa, cheia de artimanhas ao mesmo tempo é leiga quando o assusto ao conhecimento de seus próprios sentimentos, muito provavelmente por estar com a cabeça sempre no trabalho, por isso olhar para si própria é difícil. Pior de tudo foi que eu a imaginava como alguém que corre atras do que quer , o que não foi o que se mostrou para mim, quando se tratava seus desejos.

Entretanto, acredito eu, que o erro do desenvolvimento dos personagens tenha vindo por conta de que a história centra, por mais que fosse para ser deles, não era. O grande “que” desse livro é o problema em que Clara se meteu e como ajudar sair dele, o caso é que isso deveria ter sido a desculpa para o casal se aproximar, quando para mim, essa situação tomou controle do livro e tirou o foco para os personagens, mesmo sendo eles os principais, parecia que o amor, o romance deles ficara para depois. E isso me incomodou muito.



Acredito assim que minhas expectativas agora estejam mais baixar para o terceiro livro da serie, o da última irmã, e ainda mais animadas para o quarto que é finalmente a história de Clara, mais que merecida.

Comente aqui se já leram o que acharam, queremos saber o que andam lendo.

XOXO.

You Might Also Like

0 comentários