RESENHA: DIGA SIM AO MARQUÊS

08:00


Editora: Gutenberg
Autor: Tessa Dare
Série: Castles Ever After, livro 2
Páginas: 288
Estrelas: 4,3/5
GOODREADS | SKOOB | AMAZON 


Aos 17 anos, Clio Whitmore tornou-se noiva de Piers Brandon, o elegante e refinado Marquês de Granville e um dos mais promissores diplomatas da Inglaterra. Era um sonho se tornando realidade! Ou melhor, um sonho que algum dia talvez se tornasse realidade…
Oito anos depois, ainda esperando o noivo marcar a data do casamento, Clio já tinha herdado um castelo, tinha amadurecido e não estava mais disposta a ser a piada da cidade. Basta! Ela estava decidida a romper o noivado.
Bom… Isso se Rafe Brandon, um lutador implacável e irmão mais novo de Piers, não conseguir impedi-la. Rafe, apesar de ser um dos canalhas mais notórios de Londres, prometeu ao irmão que cuidaria de tudo enquanto ele estivesse viajando a trabalho. Isso incluía não permitir que o Marquês perdesse a noiva. Por isso, está determinado a levar adiante os preparativos para o casamento, nem que ele mesmo tenha que planejar e organizar tudo.
Mas como um calejado lutador poderia convencer uma noiva desiludida a se casar? Simples: mostrando-lhe como pode ser apaixonante e divertido organizar um casamento. Assim, Rafe e Clio fazem um acordo: ele terá uma semana para convencê-la a dizer “sim” ao Marquês. Caso contrário, terá que assinar a dissolução do noivado em nome do irmão.

Agora, Rafe precisa concentrar seus punhos e sua força em flores, bolos, música, vestidos e decorações para convencer Clio de que um casamento sem amor é a escolha certa a se fazer. Mas, acima de tudo, ele precisa convencer a si mesmo de que não é ele que vai beijar aquela noiva.

Primeiramente, que capa é essa, gente?! Sério, essa capa da Gutenberg para “Diga sim ao marquês” é uma das capas mais bonitas que eu vi em 2016.


Sempre que eu leio a sinopse de um livro (ou até mesmo de um filme), eu tento imaginar um pouco como a história vai correr. Em “Diga sim ao marquês” o final me surpreendeu um pouco. Entenda, não é um final surpreendente, mas foi diferente do que eu havia imaginado quando li a sinopse e enquanto eu lia o livro.

Clio é o modelo de menina daquela época que fez tudo certo, mas ela sofreu muito com a pressão social. Porém, depois de anos vivendo nisso:, uma menina que sempre foi submissa a tudo, ela decide dá um ponta pé na sua vida e eu achei isso incrível. Quando ela viu uma oportunidade de mudar sua vida, juntou toda a sua coragem e foi correr atrás disso, não importando com o que os outros fossem pensar ou o quão difícil fosse.

Às vezes eu me assusto como os livros de época podem ser tão atuais.




Rafe, em um primeiro momento, me pareceu um personagem bem simples, mais um nobre badboy que quer se livrar da mocinha. Contudo, Rafe parece uma cebola, há tantas camadas a se descobrir desse personagem que é assustador. Conforme a leitura vai progredindo você vai entendendo mais dele e se impressionado como tudo estava tão na cara e ninguém viu.



Este é o segundo livro da Tessa Dare que eu leio, e sinceramente estou adorando essa escritora, seus livros tem ideias simples, mas promissoras e quando você começa a ler o livro só vai crescendo. É assustador e maravilhoso ao mesmo tempo.

Um ponto triste: “Diga sim ao marquês" é o segundo livro de uma saga, contudo os personagens deste livro não tem nenhum envolvimento direto com os do primeiro livro.

Alguém ai já leu Tessa D? Animados para o próximo da saga? Deixe seu comentário aqui, queremos saber.

XOXO.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Adorei a comparação com a cebola kkkkkkk ansiosa pra ler esse livro.

    ResponderExcluir