RESENHA: A GAROTA DO CALENDÁRIO - JANEIRO

08:00

Editora: Verus
Autor: Audrey Carlan
Série: A garota do calendário, livro 1
Páginas: 144
Estrelas: 3/5
GOODREADS | SKOOB | AMAZON 

Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street JournalMia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

A garota do calendário é a grande aposta da Editora Verus desse ano ! A editora está fazendo um trabalho de divulgação tão grande que resolvi ler no e-book em inglês.  Antes de ler o livro, eu tinha em mente uma ideia para como esse primeiro volume dessa série de 12°, mas não foi como eu esperava e isso acabou sendo uma decepção.

O que eu imaginei para esse primeiro livro foi um aprofundamento maior quanto a origem da protagonistas e os motivos pelos quais ela teve ser ser tornar uma "acompanhante de luxo" para conseguir dinheiro para salvar o pai. 

E isso não aconteceu.

Não apenas a introdução da história, mas toda ela em si não é aprofundada. Esse primeiro volume (e eu acredito que os próximo serão similares) é muito superficial. Tudo acontece muito rápido mesmo, a história se passando em 24 dias.

Não apenas esse primeiro volume, mas como os próximo também, o número de paginas gira em torno de 150 o que é equivalente a uma novella (ou um conto, em português) então não dá tempo para desenvolver quase nada. Contudo, ser um livro curto não é o problema. O problema, para mim, foi a falta de desenvolvimento da história em si. Muitas coisas foram deixadas para a imaginação do leitor.

Com tudo acontecendo tão rápido, ficou difícil eu consegui me apegar aos personagens, mas confesso que em algumas ocasiões eu gostei da protagonista e do foco dela em conseguir cumprir seus trabalho para salvar o pai e ajudar a irmã. 

Esse primeiro livro focou exclusivamente na protagonista, a Mia, e no seu primeiro trabalho, o Wes, e na vida dele também. Senti falta do relacionamento dela com outras pessoas, como a irmã, que só foi citada algumas vezes ao decorrer da história.

O foco do livro é a literatura erótico e para quem gosta desse gênero, eu acho que o livro vai agradar. As cenas são bem escritas, descritas e diferentes entre si na medida do possível. Com relação as essas cenas, estou curiosa pela tradução.

No fim, a autora tem um escrita boa que faz a leitura correr rápido e mesmo com esses problemas, eu não fiquei entendiada querendo que acabasse logo ou querendo abandonar, por isso dei 3 estrelinhas, por achar que o livro não merece menos, assim como acho que, para mim, não merece mais. Sim, lerei o seguinte e acredito que eu vá ler todos os outros depois, mas não acredito que venha a ser muito diferentes desse primeiro.

Querem resenhas de cada um deles ou um especial quando eu finalizar a leitura? Também estão curiosos com essa super aposta da editora? Qual a sua opinião sobre esse livro (julgando pela sinopse)?

Beijão,


You Might Also Like

0 comentários