OS MELHORES DE 2015 #RETROSPECTIVAOEE2015

12:11


Em 2014 eu fiz os meus favoritos do ano em formato meio Oscar, e esse ano resolvi repetir porque achei esse um jeito super legal e falar sobre livros de diversos gêneros, mas também tem um vídeo no canal com os meus 15 livros que entraram para o coração lido em 2015. Tem de tudo um pouco, né.

Os livros que vou citar como "ganhadores" serão os que eu li esse ano e não necessariamente os que foram lançados. E vou explicar o motivo por serem os melhores para mim :) A minha ideia aqui também é tentar evitar repetir livros entre as categorias, então estou na torcida para conseguir.

Enfim, não vou enrolar muito para não ser um post mais longo do que já será.

Vamos ao OSCAR LIAHEY com os melhores do ano <3



CATEGORIAS

1. MELHOR SÉRIE: TRILOGIA GRISHA

O tanto que eu já falei como foi perfeito o final dessa trilogia, que até eu já estou cansada de mim mesma. Ruína e Ascensão é uma das melhores finalizações de séries para mim, e por conta disso eu não vejo a hora de ler as próximas séries da autora.
Para saber mais sobre o que eu achei da trilogia, tem resenha aqui.


2. MELHOR FANTASIA/PARANORMAL: OBSIDIANA - Jennifer L. Armentrout


Faz um tempo que eu estava no clima para um livro sobre Aliens e como eu sou uma pessoa feliz por ter sido Obsidiana que matou essa vontade. o livro tem um enredo incrível, com personagens maravilhosa e uma história que só te faz querer mais.
Para saber mais sobre o que eu achei do primeiro livro da série, tem resenha aqui.

3. MELHOR CONTEMPORÂNEO: KICK, PUSH

A Jay McLean só se superar a cada livro, mas Kick Push sempre terá um lugar mega especial no meu coração. Eu não esperava nada do que aconteceu nesse livro, e isso foi o melhor.
Para saber mais sobre o que eu achei do livro, tem resenha aqui.

4. MELHOR ROMANCE DE ÉPOCA: OS SEGREDOS DE COLIN BRIDGERTON

Como não ficar louca de amores pelo Colin B e a minhas história favorita da série da Julia Quinn.
Para saber mais sobre o que eu achei do livro, tem resenha aqui.

5. MELHOR AUTOR DESCOBERTO: SABAA TAHIR


Eu passei mais do que a metade do ano louca por esse livro, e quando li... Ai meu deus, como ele não me decepcionou <3 Virei fã da Tahir já nas primeiras paginas e não vejo a horas de ler os próximos volumes dessa série - que eu espero que seja uma trilogia - e seus próximos livros com mundos novos e intrigantes, com personagens desafiadores e histórias que me faz questionar inúmeras coisas.



6. MELHOR SURPRESA: JULIANA PARRINI 

Juliana Parrini entrou para minha lista de autores nacionais queridinho que eu vivo recomendando. Foi a munhas surpresa mais do que positiva do anos <3 E eu espero poder conheça-la em 2016.
Para saber mais sobre o que eu achei da autora, tem post aqui.


7. MELHOR CAPA/EDIÇÃO: POR LUGARES INCRÍVEL - Jennifer Niven

Essa capa é a descrição perfeita da minha infância. Obrigada mundo e Seguinte por essa capa <3 E essa foi a compra do ano, no quesito comprei pela capa.
Para saber mais sobre o que eu achei do livro, tem resenha aqui.



8. MELHOR VILÃO: DARKING (TRILOGIA GRISHA - Leigh Bardugo)



Já me cansei de tanto falar o quanto eu sou louca pelo Darkling. Melhor personagem. Melhor vilão - mas nem tão vilão assim às vezes. E só digo uma coisa: leiam esse trilogia. 

Para saber mais sobre o que eu achei do Darling, tem um especial da trilogia aqui.



9. MELHOR PROTAGONISTA: CELAENA SARDOTHIEN (Trono de Vidro)

Essa foi a categoria mais difícil, meu deus!! E o fator decisor para essa escolha foi uma cena que acontece quase no final do livro que me fez identificar com a protagonista para vida. Estava passando por aqui, e saber que a personagem estava na mesma situação, foi reconfortante. Além dela ser super badass.
Para saber mais sobre o que eu achei do livro e da protagonista, tem resenha aqui.


10. MELHOR LIVRO DE 2015: CONFESS - Colleen Hoover

Eu não podia colocar outro livro aqui, simplesmente não podia. Confess foi o livro que mais me fez refletir nesse ano que está chegando ao fim, e nada do que eu li conseguiu superar essa belezura, mas eu aguardo ansiosamente pelo dia que algum livros vá superar esse.
Para saber mais sobre o que eu achei do livro, tem resenha aqui




CATEGORIAS BÔNUS



* PIOR ADAPTAÇÃO: INSURGENTE


Tenho certeza que ninguém mais me aguenta falando mal desse filme, mas juro que quando Convergente parte 1 estrear, eu mudo de filme para falar - bem ou mal. Mas é complicado, então assistam ao vídeo que fiz e vocês vão entender melhor meus motivos.

Para saber mais sobre o que eu achei do filme, tem crítica aqui.

* PIOR TRADUÇÃO DE TITULO OU CAPA: CREPÚSCULO/VIDA E MORTE (Edição de 15 anos) - Stephanie Meyer

Vamos combinar, que essa piada ridícula do vira vira porque os personagens mudam de sexo, ai veio a edição vira vira foi péssimo em tantos níveis que eu não consigo descrever. E nem para fazerem uma edição mais caprichada, digna de uma edição comemorativa. E são por esses motivos que vou enrolar muito para comprar o livro :(


* DECEPÇÃO DO ANO: SOMETHING BEAUTIFUL - Jamie McGuire 

Eu estava louca louca pela história do Shepley e da America. Ai veio isso. Se fosse o livro físicos, as chances dele ir parar no outro lado da minha janela seriam grandes.

Para saber mais sobre o que eu achei do livro, tem resenha aqui.

* MELHOR EVENTO LITERÁRIO: MOCHILÃO DA RECORD


O que falar do melhor evento da vida onde eu conheci um das minhas autoras favoritas da vida? Apenas que eu quero de novo e de novo e de novo. #ComeBackToBrazilBritt <3


* MELHOR "CURA" PARA RESSACA: MARINA CARVALHO

Depois da melhor depressão que foi apos ler Confess, Elena - o lançamento desse ano da Marina, me salvou da ressaca literário que está ocorrendo. E por isso sou muito grata. E no ano passado, foram os livros dessa autora que também curaram a minha ressaca pós Maybe Someday <3
Para saber mais sobre os livros da Marina, só clicar aqui.

E aqui está os meus favoritos do ano em vídeo: 


E esse foram os meu favoritos - e outros nem tanto assim - de 2015 <3

Para vocês, qual livro te marcou tanto que ganhou o prêmio de melhor do ano? Ou qual foi aquele que te surpreendeu imensamente? Conta aqui nos comentários.

Mil beijos, e até 2016 - ou seja, até já já,

You Might Also Like

0 comentários