RESENHA: A PRIMEIRA CHANCE, de Abbi Glines

08:00

Editora: Arqueiro
Autor: Abbi Glines
Serie: Rosemary Beach, livro 7
Paginas: 256
Estrelas: ⭐⭐⭐⭐⭐


**Esse livro foi cortesia da editora para uma opinião honesta**

Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan.

Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan.

Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la...


Finalmente temos a história do Grant nesse livro que foi o mais esperado da série. A gente conhece um pouco do Grant - e da Harlow também - nos livros anteriores: suas origens, seus problemas e suas aspirações. E em A primeira chance, conhecemos melhor esse casal que se tornou o meu favorito de toda Rosemary Beach e sua jornada para ficarem juntos. 

Nessa duologia, conhecemos melhor o Grant, o melhor amigo e "irmão" do Rush. Ele foge dessa onda de bad boy que a série traz, e foi o que me fez gostar mais dele. Grant tem seus problemas com relação a Nan e no meio desse furacão se vira a sua vida por causa dela, ele acaba se aproximando a Harlow, a meia irmã. Harlow é uma garota, filha de um rock star, que foi criada pela avó, e por causa da sua criação, ela tem um jeito inocente, mas ela sabe o que quer e o que esperar das pessoas. 

A Abbi, nesse primeiro livro, mostra dois lados da relação deles: como eles se aproximaram da primeira vez e depois como, com tudo aconteceu para eles chegarem ao status 'casal' após o furacão Nan. Foi interessante ver o desenvolvimento do relacionamento deles ao longo dos capítulos e como a Nan sempre está tentando destruir algum relacionamento. 

Mas, para mim, o ponto mais alto da história e o que tornou a história do Grant e da Harlow a minha favorito da série foi como a autora fez com o que o passado de cada um - até mesmo do Kiro, pai da Harlow - influenciasse nas relações do presente. A jornada de cada um dos protagonistas para chegar onde eles chegaram no final do livro tem toda uma referência a maneira como eles foram criados sem forçar os clichês. 



Essa é a primeira parte da história do casal, e acaba com um cliffhanger que não parece nada demais até você ler o segundo livro e descobrir certas coisas, mas do segundo livro vou falar em outra ocasião. 

E um super ps, se você é fã do casal Rush & Blaire vai morrer de amores pela cenas do casal com o final que aparecem durante esse sétimo volume da série Rosemary Beach. 

O próximo volume da série, Mais Uma Chance, está com previsão de lançamento para Janeiro de 2016, então fique de olho aqui no blog e nas nossas redes sociais para não perder nada :)

Mil beijos e até o próximo,

You Might Also Like

0 comentários