RESENHA: COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ

08:00


Editora: Intrínseca
Autora: Jojo Moyes
Título original: Me Before You
Paginas: 320
Estrelas: 5/5


Como eu era antes de você - Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.


MEU DEUS!!! Esse livro acabou comigo!!! 

Eu enrolei a vida para lê-lo mesmo ouvindo todo mundo, mas todo mundo mesmo, falando super bem porque a gata da Jessica de meu deu spoiler do livro da maneira mais espontânea possível. Ela veio e falou "então, acontece isso" e eu fiquei "então tá bom, né". Mas com o filme chegando, aproveitei o tema de junho do IDY para finalmente tira-lo da minha pilha eterna de TBR. 


E MEU DEUS!! Eu não tive aquele choro feio que eu sei que muita gente teve, mas a minha reação foi bem similar a que tive lendo Confess, da Colleen Hoover: choque. Eu fiquei em estado de choque lendo o livro. Do inicio ao fim. Algumas lagrimas foram escorregando durante a leitura, mas eu mal senti porque eu simplesmente não conseguia acreditar no que eu estava lendo. 

Jojo Moyes tratou o preconceito de um forma brilhante! Quando a Lou dizia que iria trabalhar para um tetraplégico, todos respondiam da mesma maneira, sua família, seu namorados, seus vizinho: como se o Will viesse em estado vegetal e não tivesse opinião própria. E até mesmo a própria família do Will no inicio do livro até descobrimos o que realmente estava acontecendo. 

Eu ia fazer um vídeo contando sobre tudo o que eu senti, mas eu sabia que eu ia começar a chorar e não ia consegui falar nada, então preferir escrever. E eu tenho essa certeza porque quando eu estava no meio do livro, fui contar sobre a história para um amiga via áudio do whatsapp e eu comecei a chorar e não consegui falar coisa com coisa. 

Eu não sei bem o que dizer, o livro todo foi uma surpresa, mesmo já sabendo o final - o que foi trágico ter pega o spoiler. E agora com o anuncio da sequencia que sai em Setembro no exterior, ficou mais previsível deduzir o que pode ou não acontecer com o desenrolar dos fatos. Mas eu te digo, mesmo que você já saiba ou suspeite do que pode acontecer ou deixar de acontece com a história, ainda assim você deve ler. 


Os personagens tem um desenvolvimento extraordinário, principalmente a Lou e o Will e a forma como o relacionamento dele cresce ao longo da história e como um pequeno motivo se tornou a razão para Lou pensar no futuro e ter um - e eu estou chorando... 

Eu vou terminar essa resenha dizendo que o livro em si é uma lição de vida e deveria estar na lista de livros para ler de todo mundo e um dia quando eu tiver estrutura emocional para isso, farei um vídeo ou apenas irei esperar o filme e fazer uma critica chorosa sobre os dois. 

E A ESCOLHA DO ELENCO FOI PERFEITA DEMAIS <3 <3 SAM & EMILY <3 <3

And that's a wrap!!! Conta para gente nos comentários se você já leu e o que achou e se não leu, vá ler, você não vai se arrepender - eu espero. 

Mil beijos ;*



You Might Also Like

0 comentários