[RESENHA] As Estranhas e Belas Magoas de Ava Lavender, de Leslye Walton | @liahey

16:00

Editora: Novo Conceito
Autor: Leslye Walton
Título Original: The Strange and Beautiful Sorrows of Ava Lavender
Paginas: 303
Estrelas: 5/5
GOODREADS | SKOOB | ONDE COMPRAR

Gerações da família Roux aprenderam essa lição da maneira mais difícil. Os amores tolos parecem, de fato, ser transmitidos por herança aos membros da família, o que determina um destino ameaçador para os descendentes mais jovens: os gêmeos Ava e Henry Lavender. Henry passou boa parte de sua mocidade sem falar, enquanto Ava que em todos os outros aspectos parece ser uma jovem normal nasceu com asas de pássaro. Tentando compreender sua constituição tão peculiar e, ao mesmo tempo, desejando ardentemente se adaptar aos seus pares, a jovem Ava, aos 16 anos, decide revolver o passado de sua família e se aventura em um mundo muito maior, despreparada para o que ela iria descobrir e ingênua diante dos motivos distorcidos das demais pessoas. Pessoas como Nathaniel Sorrows, que confunde Ava com um anjo e cuja obsessão por ela cresce mais e mais até a noite da celebração do solstício de verão. Nessa noite, os céus se abrem, a chuva e as penas enchem o ar, enquanto a jornada de Ava e a saga de sua família caminham para um desenlace sombrio e emocionante.

A história de Ava Lavander não é sobre amores impossíveis ou proibidos, não é sobre salvar o mundo, ou sobre aventuras mundos adentro. A história de Ava Lavander é justamente isso: uma história.


Para você entender como é a vida de Ava ou porque ela nasceu com asas, é preciso conhecer a história de sua avó, Emilienne, de sua mãe, Viviane e de todo mundo ao redor. É uma história simples que eu não queria que acabasse nunca e por mais que eu não entendesse algo em uma pagina, na seguinte, tudo voltava a fazer sentido.
“Na verdade, minha historia, como a de todo mundo, começa com o passado e com uma arvore genealogia.”
Belo e estranho é assim que eu descreveria o livro se alguém me perguntasse uma descrição: Belo pela forma como a narração é feita e pela leveza que a escrita traz; e estranho por causa dos acontecimentos. Mas não se engane o livro não traz um drama clichê com personagens irritantes ou contos chatos. O drama é sutil, os personagens fazem sentido e por mais que tenha vários, todos tem o seu papel e os contos são incríveis.

E por que Ava nasceu com asas? Ou por que seu irmão gêmeo não, mas ainda sim tem suas peculiaridades? Leia. E lembre-se: tudo faz sentido.


As Belas e Estranhas Magos de Ava Lavander é um livro como nunca tinha lido. Original, encantador, marcante. Contudo, mesmo com toda fantasia criada pela autora, o livro não perde a realidade que ele quer transmitir sobre família, relacionamento, primeiro amor, religião, preconceitos a respeito de não aceitar aqueles que são diferentes por terem asas ou simplesmente conseguir diferenciar o cheiro da chuva.
“Alguns me consideram um monstro, uma mutação. [...] Para minha mãe eu era tudo. Para o meu pai absolutamente nada. Para minha avó, eu era um lembrete diário de amores havia muito tempo perdidos. Mas na verdade – no fundo eu sempre soube. Eu era apenas uma menina”.

E não a muito o que dizer sem estragar a história em si. Essa mitologia que Leslye Walton é lírica. 

Já seu a história de Ava Lavander ou ficou com vontede? Conta para gente :)

You Might Also Like

2 comentários

  1. Oi Lia :)
    Esse livro para ser fantástico, estou doida para ler.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é sim, Camila. Super recomendo.
      Depois que lê, me conta.

      Beijos :)

      Excluir