Review | Losing Hope por Colleen Hoover

20:32

Editora: Atria Books
Páginas: 245 - Kindle Edition
Versão Brasileira: Sem esperança
Estrelas: 5/5

O charmoso e irresistível Dean Holder conta a apaixonante história que derreteu milhares de corações.
Em Um Caso Perdido, Sky não deixou nenhum segredo desenterrado, nenhum sentimento não compartilhado e nenhuma memória esquecida, mas o passado de Holder continua um mistério.

Ainda assombrado pela menina que foi embora, Holder passou a vida inteira procurando por ela, numa tentativa de se livrar da destruidora culpa que ele sentiu por anos. Mas ele não podia prever que no momento em que eles se reconectaram, um remorso ainda maior poderia sobrecarrega-lo...

Algumas vezes na vida, se desejamos seguir em frente, nós devemos cavar profundamente em nosso passado e fazer as pazes conosco. Em Losing Hope, a autora bestselling Colleen Hoover revela o que passava na mente de Holder durante todos os momentos de Hopeless – e se ele conseguirá alcançar a paz que ele tanto precisa.

ATENÇÃO: Essa review pode conter spoilers caso você não tenha lido “Um Caso Perdido”. Não coloquei nenhuma informação essencial, mas achei importante alertar.  Não clique na caixa de spoiler se não quiser ler nenhuma informação comprometedora - a caixa não prejudica em nada a compreensão da review.

 Em Losing Hope temos o ponto de vista de Holder sobre os acontecimentos de Hopeless. Gosto mais desse livro do que do primeiro e isso diz muito sobre o livro em si. De alguma forma, este é um livro bem mais profundo que seu antecessor, mesmo que Holder seja apenas um espectador dos verdadeiros conflitos. 

Holder foi cuidadosamente arquitetado por Colleen Hoover. Desde suas falhas de caráter, seu temperamento explosivo, seu quê de impotência, todas as suas características constroem um personagem real e plausível.

Logo nas primeiras páginas temos o suicídio de Les, sua irmã gêmea. Todo o capítulo é de quebrar o coração – as reações de Holder e sua mãe, as palavras pesadas, as lembranças de Leslie, o insight de Holder.  Quando cresce o sentimento de desesperança, quando tudo o que ele tinha se esvai.

“Todo meu mundo se transformou de um lugar cheio de cores vibrantes, em um cinza maçante e sem vida. O céu, a grama, as árvores, todas as coisas que eram bonitas, foram despojados de sua magnificência no momento em que percebi que eu era responsável pelo desaparecimento da nossa melhor amiga, Hope”

Um dos pontos altos de Losing Hope são as cartas que Holder escreve para Leslie, em uma tentativa de desabafar e se conectar com sua irmã. O interessante é que podemos compreender alguns dos motivos e pensamentos que passeiam pela cabeça de Holder, nos ajudando a compreender um pouco mais o personagem.
“Eu tenho tanta saudade de você, Les, mas é diferente da saudade que eu sinto da Hope. Eu sei que te ver novamente não é uma possibilidade. Eu sei que você se foi e que não está sofrendo mais. Mas eu não tenho essa sensação de encerramento com Hope. Porque eu não sei se ela ainda está sofrendo. Eu não sei se ela está viva ou morta”.

O relacionamento entre Holder e Daniel é um caso a parte. Nós o conhecemos melhor em Finding Cinderella, mas aqui deixo minha anedota de apreciação a esse personagem leal, engraçado e maravilhoso, que agiu como suporte em algumas cenas tensas, como na volta de Holder à escola.

“A única coisa que eu não posso fazer, de fato, é dizer para Daniel que ele não pode dizer as coisas que eu queria dizer. Eu olho direto nos seus olhos, enquanto eu alcanço a mesa e nós temos uma de nossas curtas conversas não-verbais”.

 Reviver tudo sob o ponto de vista de Holder, numa narrativa em primeira pessoa, íntima (e por vezes intimidante), mergulhar na cabeça de Holder – e se perder lá – é uma experiência que Colleen nos deu o prazer de vivenciar. Todas as vezes que me perguntei “o que você tá pensando, Holder??” (e não foram poucas) foram deliciosamente respondidas e apenas me deixou sem palavras quando terminou.

O livro também nos mostrou outro lado do relacionamento entre Holder e Sky, um lado mais maduro, ao passo que confuso, já que a mente de Holder estava uma bagunça, ao descobrir todas as coisas que aconteceram. Sky é uma personagem linda e, por mais que a conheçamos em Hopeless, vê-la através do olhos de Holder me fez me apaixonar ainda mais por ela.

“Eu me pergunto se é possível se apaixonar por uma pessoa, uma característica de cada vez, ou se você se apaixona de uma vez. Porque eu acho que acabei de me apaixonar pela  inteligência dela. E pela sua indelicadeza. E talvez por sua boca, mas eu não me permiti encara-la tempo suficiente para confirmar”




Mesmo sabendo de tudo o que aconteceu, nada me preparou para Losing Hope. Eu senti tudo de novo, cada sofrimento, revelação e tristeza que Holder passou. Este é um livro fantástico.

Losing Hope tem lançamento previsto no Brasil em 2015, mas ainda não tem data ou nome confirmados pela Galera Record. Vamos aguardar!

E aí? Gostou da review, achou que faltou algo? Já leu Losing Hope? Deixe seu feedback aqui nos comentários, ou entre em contato no Facebook ou Twitter. A resenha da novella da série deve sair ainda esse mês.

Se você, assim como nós, ama a Colleen Hoover, leia as resenhas dos outros livros da autora aqui.


Beijos!

You Might Also Like

0 comentários